Autores

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
AULA PARTICULAR DE INFORMÁTICA INICIANTES E 3ª IDADE. Aulas em domicilio e on-line, totalmente práticas. Aprenda Word, Excel, Internet, Enviar e receber e-mail, Facebook, Skype e muito mais. Área de Atendimento:Zona Sul RJ Para confirmar disponibilidade do local e horários entre em contato: 21 96853-2720

Aluguel apto de 1 e 2 quartos temporada Copacabana.

Meus anúncios na OLX

domingo, 24 de julho de 2011

Engenhão teve movimento tranquilo no encerramento dos Jogos Militares


De acordo com a Guarda Municipal, três carros foram rebocados.
Autoridades recomendaram a utilização de transporte público.

Bernardo Tabak Do G1 RJ

Faltando poucos instantes para o início da cerimônia de encerramento da quinta edição dos Jogos Mundiais Militares, marcada para as 18h, o movimento no entorno do Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, foi muito tranquilo na tarde deste domingo (24). De acordo com homens da Polícia Militar e da Guarda Municipal, até as 17h30, não foram registrados tumultos, confusões ou assaltos.
Nas proximidades da estalção de trem do Engenho de Dentro, na Zona Nort5e do Rio, o movimento é tranquilo momentos antes da cerimônia de encerramento dos Jogos Mundiais Militares (Foto: Bernardo Tabak/G1)

Ao todo, três carros foram multados e rebocados por estacionamento em local proibido. “Em dias de jogos ou eventos no Engenhão, aumentamos o número de locais onde é proibido estacionar, para facilitar a fluidez do trânsito e o deslocamento das pessoas”, explicou o guarda municipal Fagundes.
“A recomendação é para que as pessoas evitem vir de carro e utilizem o transporte público, como trem e ônibus”, ressalta o líder operacional Paulo Ferreira de Melo, do 2º Grupamento Especial de Trânsito da Guarda Municipal.

Várias ruas ao redor do estádio estavam fechadas ao trânsito ou parcialmente bloqueadas. Homens das três forças militares — Exército, Marinha e Aeronáutica —, além da Polícia Montada e do Batalhão de Choque da PM, agentes da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, da Guarda Municipal e da Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CET-Rio) se encarregaram da segurança e do ordenamento do trânsito.

Voluntários e militares orientaram os espectadores que chegaram para assistir ao evento. A estação de trem do Engenho de Dentro também teve movimento fraco. “Está uma tranquilidade. Se todo o evento aqui fosse assim, não teria nem necessidade da nossa presença”, concluiu, com um sorriso, um homem do Batalhão de Choque.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários:

Lembramos que não somos responsáveis por nenhum evento/produto que por ventura esteja sendo mencionado. O que está escrito na caixa de comentários é gerado pelos próprios usuários e expressam suas próprias opiniões. Reservamos-nos ao direito de apagar qualquer comentário, sem aviso prévio, caso julguemos necessário para o bom funcionamento desse blog.

APOIO