Autores

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
AULA PARTICULAR DE INFORMÁTICA INICIANTES E 3ª IDADE. Aulas em domicilio e on-line, totalmente práticas. Aprenda Word, Excel, Internet, Enviar e receber e-mail, Facebook, Skype e muito mais. Área de Atendimento:Zona Sul RJ Para confirmar disponibilidade do local e horários entre em contato: 21 96853-2720

Aluguel apto de 1 e 2 quartos temporada Copacabana.

Meus anúncios na OLX

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Primeira usina de biodiesel do Estado, em Arraial do Cabo, vai fornecer combustível para as Olimpíadas de 2016



A primeira usina comercial de biodiesel do Estado do Rio vai começar a funcionar em Arraial do Cabo, na região dos Lagos, até o início de junho. O biodiesel produzido a partir do óleo de cozinha vai ser usado para abastecer os carros que vão transportar os atletas olímpicos em 2016.
O responsável pelo Programa de Reaproveitamento do Óleo Vegetal, Eduardo Caetano, vinculado à Secretaria Estadual do Ambiente, lembra que durante as Olimpíadas a frota que transportará as delegações dos países participantes deve ser movida a combustível limpo.
- O biodiesel é esse combustível [limpo]. E essa usina de Arraial é a primeira no Estado a atender a esse mercado.
Caetano diz que, por enquanto, só existem usinas para pesquisa no Estado, mas essas não comercializam o combustível.
A Usina
A usina de Arraial do Cabo vai ser administrada pela CoopClean (Cooperativa Central de Logística e Apoio à Natureza). Atualmente, a cooperativa coleta em média 12 mil litros de óleo e gordura vegetal por mês, que é encaminhado para ser transformado e comercializado no Rio de Janeiro. Vinicius Fonseca, responsável pela cooperativa e coordenador do Prove na região, explica que, a princípio, o óleo é usado basicamente para fabricar sabão e ração animal.
Nesta segunda-feira (23), os equipamentos para a construção da usina começam a chegar.
- A instalação é rápida e vamos logo começar a operar.
O óleo e a gordura que começam a ser coletados nesta segunda-feira já vão ser transformados na nova unidade. A cooperativa tem cerca de 300 doadores, a maioria donos de quiosques e restaurantes de Arraial do Cabo e Cabo Frio, também na região dos Lagos.  Alguns moradores já contribuem também. Quem quiser participar do projeto pode doar o óleo e a gordura vegetal usados na sede da secretaria de ambiente, na avenida Leonel de Moura Brizola, 4, no centro da cidade, ou em qualquer escola municipal. Há também uma equipe disponível para ir até às casas buscar os produtos que serão descartados. Fonseca ensina que o óleo deve ser armazenado em embalagens pet (de refrigerante descartável) e entregue nos postos. Não há necessidade de coar, ele pode ir com resíduos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários:

Lembramos que não somos responsáveis por nenhum evento/produto que por ventura esteja sendo mencionado. O que está escrito na caixa de comentários é gerado pelos próprios usuários e expressam suas próprias opiniões. Reservamos-nos ao direito de apagar qualquer comentário, sem aviso prévio, caso julguemos necessário para o bom funcionamento desse blog.

APOIO