Autores

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
AULA PARTICULAR DE INFORMÁTICA INICIANTES E 3ª IDADE. Aulas em domicilio e on-line, totalmente práticas. Aprenda Word, Excel, Internet, Enviar e receber e-mail, Facebook, Skype e muito mais. Área de Atendimento:Zona Sul RJ Para confirmar disponibilidade do local e horários entre em contato: 21 96853-2720

Aluguel apto de 1 e 2 quartos temporada Copacabana.

Meus anúncios na OLX

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Palavrões darão multa em espaços públicos na Austrália e Nova Zelândia

Governos locais devem apertar o cerco aos “bocas sujas”, que podem pagar até R$ 405



Na Austrália e Nova Zelândia, os governos locais vão apertar o cerco aos “bocas sujas” de plantão. No segundo Estado australiano mais populoso, Victoria, será aprovada nesta semana uma lei que autoriza a polícia a aplicar multas para quem usar palavras ou frases ofensivas em ambientes públicos.
Já oficiais da cidade neozelandesa Barnsley, em Yorkshire do sul, foram instruídos a monitorar a linguagem do povo ao fazer compras, comer ou simplesmente relaxar no centro da cidade.
Segundo a agência de notícias France Presse, aqueles que usarem os vulgos “palavrões” serão penalizados em R$ 405 (240 dólares australianos) no Estado de Victoria.
O procurador-geral australiano, Robert Clark, disse que as multas, semelhantes às emitidas por excesso de velocidade ou estacionamento ilegal, economizarão o tempo da polícia.
- Isso vai dar à polícia ferramentas de que ela precisa para ser capaz de agir contra esse tipo de comportamento desagradável, ao invés de ter que arrastar os infratores para delegacia e perder tempo e dinheiro em processos judiciais.
Mas até o procurador admitiu à rádio ABC ter que se controlar para conter os palavrões.
- Às vezes eu murmuro coisas enquanto respiro fundo, como provavelmente todo mundo faz. Mas essa lei não é voltado para isso, é orientada para o tipo de comportamento mais desagradável.

Se não moderar linguajar, neozelandês pagará R$ 208
Na Nova Zelândia, caso o agente público de Barnsley escutar uma linguagem obscena, que potencialmente pode causar ofensa ou intimidação, os policiais poderão intervir.
De acordo com o jornal britânico The Telegraph, a primeira opção é simplesmente pedir que o indivíduo modere seu linguajar, mas se a tentativa não for bem sucedida o agente pode multar a pessoa em no máximo R$ 208 (80 libras).
As multas são parte de uma série de campanhas destinadas a abordar diferentes tipos de comportamento antissocial. A iniciativa vai durar em todo o mês de junho e só se aplica ao centro de Barnsley.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários:

Lembramos que não somos responsáveis por nenhum evento/produto que por ventura esteja sendo mencionado. O que está escrito na caixa de comentários é gerado pelos próprios usuários e expressam suas próprias opiniões. Reservamos-nos ao direito de apagar qualquer comentário, sem aviso prévio, caso julguemos necessário para o bom funcionamento desse blog.

APOIO